Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estapafúrdios do Quotidiano

Já chega de abusar na comida!

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 02.01.13

BOM ANO, meu caro amigo. Como foi essa passagem de ano? Boa, esperamos nós!

Conte-nos tudo, escreva um comentário a contar as suas peripécias neste réveillon. Mas só depois de ler o estapafúrdio que lhe trazemos hoje, sim? Obrigado pela sua compreensão!

 

Nesta altura pós-natalícia, em que estamos todos fartos de comer e de beber, os Estapafúrdios do Quotidiano, trazem até si uma notícia que o vai fazer sentir-se melhor. Trazemos-lhe uma notícia sobre alguém que comeu, bem mais que você e ainda por cima pratos muito mais estranhos que o tradicional tronco de natal, ou as filhoses ou ainda as azevias que você pôs no bucho (Pôr no bucho é uma expressão linda não concorda?).  

Hoje, trazemos-lhe a história de Jamie McDonald (aka "O Urso”), um norte-americano que postou um vídeo no YouTube onde devora todos os 10 menus de um cardápio comemorativo, de um restaurante nos EUA (Só podia não é?) em apenas 20 minutos. Aqueles tipos comem tudo e sempre em grandes quantidades. É tudo há bruta. Eu não sei como é que Portugal ainda não foi invadido por tamanhos glutões. Era vê-los aqui em Portugal de tasca em tasca, a comer jaquinzinhos (Epá, ajudem-me lá. Diz-se jaquinzinhos? Ou joaquinzinhos? Eu creio que esta é uma das grandes dúvidas da humanidade, logo depois do:"Há vida depois da morte?" ou então "Porquê que a galinha atravessou a rua?"), era bifanas, era lombinhos, era feijoadas, era tudo o que conseguissem apanhar. Comiam tudo feitos Glutões do “PRESTO” a comerem nódoas.

Não se lembra dos glutões do "Presto"? Como é possível, aquilo era parecido aos glóbulos brancos dos desenhos animados do Corpo Humano. Também não se lembra desses desenhos animados? Mas quantos anos tem você? Será que isto não é do seu tempo? Será certamente, se calhar você saía era mais à rua, enquanto eu estava em casa a devorar desenhos animados, anúncios, novelas, filmes e tudo mais que me aparecesse à frente.  


Mas pronto, sou eu que sou estranho, eu sei. Ou então não, se calhar você lembra-se de tudo isto que eu falei e irá fazer de mim um tipo muito feliz, comentando a dizer. “OH Gil, então não me lembro? Tanto que eu me ria a ver os glóbulos brancos a darem porrada aos micróbios, ai que belas tardes!”. Isso é que era, garanto-lhe que iria animar o meu dia.

Mas continuando que estamos aqui para lhe dar uma notícia estapafúrdia e não para relembrar os bons velhos tempos, até porque: ANO NOVO! VIDA NOVA, toda a gente sabe isso!

 

Antes de terminar, falta apenas acrescentar à notícia que nos trouxe hoje aqui, que todos os 10 pratos que o Glutão McDonald comeu, faziam referência ao filme ‘O Hobbit’. Ou seja, eram pratos com nomes como: “O hambúrguer do anel”, “Assados de Frodo”, entre outros.
EPÁ, "O Hambúrguer do anel"? É só a mim que isto parece estranho? Se calhar é...

Obrigado e um bom jantar (normal) a todos. 
Ah já me esquecia, para os mais curiosos aqui fica o vídeo:

 

GIL

 

Promessas de Ano novo…

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 01.01.13

 

 


(A minha promessa de Ano novo é: «Escrever textos, a modos que, pequenos… Ou não…»)

 

E assim, sem mais nem menos, damos por nós a chegar ao fim do ano. Mais um ano que passa. Mais um ano, em que cometemos excessos e que fracassámos em vários aspectos. Mais um ano, em que prometemos imensas coisas e, acabámos por não cumprir nem metade do que prometemos. Mais um ano, em que sofremos com as medidas de austeridade por parte do governo. Mais um ano, em que andámos a contar os trocos todos os meses, na esperança que o raça dos euros esticassem até mais não. Mais um ano, em que nos chateámos com tudo e com todos, quando na verdade, só queríamos era atenção. Mais um ano, cheio de desgraças e problemas que nos atormentaram, resultando, por vezes, em várias depressões. Mais um ano, em que as palavras de ordem sempre foram: RACIONAR, CORTAR E ECONOMIZAR. Mais um ano, em que revoluções foram feitas e crimes horrendos foram divulgados. Mais um ano, em que burlões se revelaram, de uma forma bastante explícita, cometendo burlas e enganando todos aqueles que tem um bom coração. E melhor que tudo, um ano em que nasceu o «Estapafúrdios do Quotidiano»! Um blog, de dois amigos (GIL e RIC), que gostam de escrever (o que não serve como prova, de que, realmente, o saibam fazer. Enquanto não lhes disserem: «Parem com isso, e ganhem juízo!», a “malta” vai continuando…). Um dos votos que desejamos, é que este blog continue em força, neste ano de 2013, que se adivinha fortuito em ideias estapafúrdias. E, igualmente, de muito sofrimento… Mas, quero aqui realçar, a mania que as pessoas têm, em prometer a si próprias, uma variedade de alterações de comportamento ou vícios, a partir de 01 de Janeiro de 2013. O chamado: «Ano novo, vida nova!». Elaborei uma pequena lista, onde exemplifico algumas dessas alterações de comportamento, mais habituais nas pessoas. Vamos lá a isso? Siga! Adiante! Para a frente é que é caminho! Ou não…

 

(LISTA DE PROMESSAS DE ANO NOVO!)

 

1º - Em primeiro lugar, surge a mais habitual promessa de Ano novo. A promessa: «A partir do dia 01 de Janeiro, vou começar a fazer dieta! Ano novo, vida nova!» Quando todos temos, a plena consciência, de que isso nunca irá acontecer. Durará apenas uma semana, e depois disso, esquece-se a dieta num ápice.

 

2º - Em segundo lugar, surge a promessa do exercício físico. A promessa: «Para ajudar à dieta, a partir de 01 de Janeiro, vou começar a fazer umas corridas no Parque.» Quando, na verdade, acontece o total oposto. Durante uma semana, ainda se “tenta” ir correr, mas depois, é preferível ficar no sofá a ver as séries da Fox.

 

3º - Em terceiro, surge a promessa de deixar de fumar. Todos os fumadores, roem a consciência de gastar rios de dinheiro em maços de tabaco e prometem: «Para poupar ao fim do mês, vou deixar de fumar! Até, para ser uma pessoa mais saudável…» Que mentira! Com o ano “bera” que se adivinha, deixar de fumar será uma remota possibilidade.

 

4º - Em quarto lugar, e por último (Sim, eu sei que, se fosse 5 promessas seria mais giro, mas não quero. Fico por aqui. Eu é que sei…), a promessa de ser uma pessoa melhor: «Ah! E tal! Ano novo, vida nova! Vou ser uma pessoa mais sociável, mais amiga do seu amigo e sempre disponível para o que for preciso!» Ena! Que mentira… Em 2013, vai ser ainda pior pessoa…

 

Resta-me desejar um grande ano, cheio de boas surpresas! Tudo a correr bem e tal… e coiso. Ou melhor - Boa sorte, que 2013 ainda vai ser pior que 2012! Continuem a seguir o Estapafúrdios do Quotidiano, porque nós, caro leitor, viemos para ficar! HuaHuaHuaHuaHua! (Uma clara tentativa de riso sinistro, não sucedida, é claro…)     RIC

Pág. 9/9