Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estapafúrdios do Quotidiano

UI... Que g'anda melão...

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 31.05.13

Sexta-feira... Sim, sexta-feira... Então, diz que é sexta-feira... Alto aí! Então não é que é sexta-feira? Olha que é mesmo! É mesmo sexta-feira! Então, se é sexta-feira, tenho de partilhar com vocês – fantásticos leitores do Estapafúrdios do Quotidiano –, este sentimento de alegria e prazer por ser sexta-feira... E porquê? Porque é dia de estapafúrdio! «Mas que parvoíce vem a ser esta? Toda a gente sabe que todos os dias, expecto ao domingo, sai um estapafúrdio. Porque é que esta sexta-feira, deveria ser diferente?», será o que os leitores estarão a pensar. Hã? E esta, hein? Eu até adivinho os que vocês pensam! Tenham medo! Tenham muito medo! Nã... Não tenham, que isto é apenas estupidez da boa, denominada de: «Encher chouriços...» 

 

Agora passemos ao estapafúrdio desta sexta-feira. Sabiam os meu caros meninos, que tivemos uma luso-canadiana eleita Miss Canadá? Somos ou não somos um povo de gente bonita, caraças? Bem, nem todos... O José Castelo Branco, é um daqueles casos em que não consigo classificar se é bonito, bonita ou apenas uma pequena aberração. Bem, tendo em conta a sua indumentária no mais recente programa «Splash», acho que posso classificar como «Aberração». Sendo assim, este não conta para a classificação de «gente bonita». Mas, fora ele, somos um povo de gente muito bonita. Até os imigrantes vão lá para fora fazer filhos, para depois eles arrebatarem prémios de beleza, catano! Somos os maiores! Palmas para nós! 

 

Mas, como é paradigma do povo português, esta luso-canadiana de seu nome Denise Garrido, teve uma triste reviravolta na sua vida. Afinal, ela foi Miss Canadá sim, mas apenas por 24 horas! Consta que, após uma recontagem dos votos por parte da organização do evento, foi detectado um erro e a vencedora do título de Miss Canadá, foi Riza Santos. Riza Santos, tinha ficado em 4º lugar, mas acabou por ser ela a eleita Miss Canadá, trocando de lugar com Denise Garrido. Denise ficou de rastos, e afirmou a um jornal as imortais palavras: «Quando soube que perdido o título de Miss Canadá, o meu coração parou! Fiquei muito triste!» Eu diria mais, ficou triste e com um «g'anda melão»! 

 

Agora imaginem, se ela é do Benfica? Há lá melão maior que esse? Além de ter ficado com um enorme melão pelo facto de o Benfica ter perdido tudo o que estava quase (Quase!) predestinado a ganhar esta época, ainda perdeu o título de Miss Canadá, após de festejar o feito durante 24 horas! Nem quero imaginar o dinheiro que ela terá gasto em «cenas para rir», para festejar com as amigas este enorme feito pessoal. Agora usa as «cenas para rir», não para rir, mas sim, para esquecer o que acabou de acontecer. Vê as coisas pelo lado positivo ó Denise – ao menos foste rainha por 24 horas! O José Castelo Branco tenta-o ser há anos, mas sem resultados. 

 

Só espero que esta menina luso-canadiana não entre numa depressão profunda e decida tomar a insana decisão de se suicidar. Costuma acontecer... Quando? Não sei, mas diz que costuma acontecer. Eu, honestamente, espero que ela não o faça, porque a menina a modos que... não é nada de se deitar fora, e tal... Era um desperdício... Um enorme desperdício... 

 

Ó Denise, olha lá moça, vinde cá que eu consolo você... Vinde... Ou será melhor em inglês? «Hey Denise, come here to RIC, I will confortate you! Yes oraite or very nice in your right, and yo!» Será que ela percebe este maravilhoso inglês praticado pela minha pessoa? Hum… vamos esperar para ver… 


 (Denise Garrido)

 

RIC


Que A.J. vos abençoe...

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 30.05.13

Ora deixem cá ver sobre que notícia estapafúrdia vos irei falar hoje…

 

Isto é que é qualidade… Um blog onde o autor começa um texto, sem saber de que raio irá falar! Categoria...

E mais… Nós aqui no Estapafúrdios do Quotidiano temos tanta qualidade, mas tanta qualidade, que conseguimos que o leitor espere que nós acabemos de decidir do que iremos falar, sem nunca desistir de ler o nosso estapafúrdio...

 

Não é?... Oi??... Hello?... Está aí alguém??

 

Ahh! Por momentos pensei que se tinha ido embora! Ainda bem que não foi, vai ver que não se arrependerá. (coff… coff… Maldita tosse! Estou a brincar…). Como co-autor do Estapafúrdios do Quotidiano, posso-me alegrar de poder dizer que somos abençoados por Deus, por termos leitores tão fantásticos! Quer dizer… Por Deus se calhar também é exagerar um bocadinho… Vá, somos abençoados por Jesus Cristo! Hum… Mesmo assim se calhar também estamos a exagerar… Vou reformular: Somos uns abençoados por Alan John Miller, por termos uns leitores tão fantásticos como você!! Sim!! Isso mesmo!!

Ai não sabe quem é o Alan John Miller?! Então é isso mesmo! O nosso estapafúrdio de hoje, será sobre ALAN JOHN MILLER!! (Viu como foi fácil.)

 

Alan John Miller, também conhecido como A. J. é um australiano que afirma a pés juntos que é a reencarnação de Jesus Cristo. (Daí eu poder dizer que somos abençoados por ele. Senão seria estranho, sermos abençoados por um comum mortal...).

A. J. é o líder do movimento religioso chamado ‘A Verdade Divina’. Um movimento tão importante, tão grandioso, tão sensacional e com tantos seguidores que a sede deste movimento é... Na sua própria casa em Queensland.

 

Mas não julgue que por causa disso Alan acha que o seu movimento é inferior aos outros. A. J. já conseguiu angariar vários seguidores - que devem ser os seus familiares e da sua companheira, pois muito provavelmente devem ser daqueles tipos que não fazem outra coisa senão fazer bebés, daí o enorme número de seguidores deste movimento. - Alan afirma ainda que a sua companheira, Mary Luck, - como o nome indica – é Maria Madalena...

(Não se estava logo a ver… Luck = Madalena, quantos de nós não nos sentimos uns sortudos depois de comer a ultima Madalena existente no pacote?! Quem de nós não se alambazou com Madalenas quando era pequeno? Ou ainda hoje! Quem? Quem? Quem nunca comeu uma Madalena que atire a primeira pedra! E já agora não sejam badalhocos, que eu estou a falar daqueles bolos tipo queques.)

 

A. J. numa entrevista à Sky News (nossa concorrente informativa) disse: “Quando somos um só com Deus, nunca temos medo. Controlamos todas as sensações”. E posto isto, nós aqui no Estapafúrdios do Quotidiano desejamos-lhe muita sorte e gostariamos de lhe pedir algo:

A.J. ou J.C. continua o bom trabalho e se por ventura começares a exportar aquilo que andas a fumar, diz-nos qualquer coisa que nós também gostávamos de controlar as nossas sensações... Obrigado e até breve.

GIL

Aí vai Bomba!

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 29.05.13

Ora viva, suas coisinhas lindas aqui do RIC. Então, que tal? Gostaram de saber que vamos ter um Verão fresquinho? Diz que o pico das temperaturas quentes, este ano, é lá por volta de Setembro/Outubro. Eu até tirei férias em Outubro. Olha a chatice hein? Até parece que sou o próximo bruxo de Fafe – ele ganha lotarias, eu prevejo quando chega o Verão. Estapafúrdio? Siga para Bingo... 

 

O estapafúrdio que trago hoje, tem a ver (mais uma vez...) com ameaças de bombas e sequestro de aviões. Diz que está na moda... Graças a Deus (ou a Alá!), tudo não passou de um susto! Porque a polícia foi bastante rápida a intervir, conseguindo neutralizar um senhor paquistanês, barbudo, que semeou o terror dentro de um Boeing 777, com 308 pessoas a bordo. O avião, tinha como destino aterrar em Stansted, Londres, mas acabou por ser desviado para Manchester, devido a este pequeno incidente. Os passageiros entraram em pânico quando o raça do paquistanês começou a ameaçar explodir o avião da companhia aérea Pakistan Airlines, gritando "BOMBA"! Por sorte, um dos polícias que deteve este lunático, é (só mesmo por acaso... Há coincidências do catano, hein?!) um investigador do Estapafúrdios do Quotidiano. Por isso, tivemos acesso ao interrogatório feito pelo nosso investigador, ao paquistanês bombista... 

 

 

Investigador: Senta-te aí! 

 

Paquistanês: Onde? 

 

Investigador: Aí! Senta-te, já! 

 

Paquistanês: Mas não existe nenhuma cadeira aqui, para eu me sentar... 

 

Investigador: E...? Senta-te! Já te disse! 

 

Paquistanês: Mas isto é o esgoto aqui dos calabouços... O meu amigo quer que eu me sente em cima da necessidade fisiológica número 2 que você acabou de fazer na casa-de-banho? Não tem amor ao que sai do seu corpo, é? Devia ao menos ter mais algum respeito pelo o que o seu corpo expulsa, porque esteve aí dentro durante várias horas...

 

Investigador: Sentas-te, ou precisas de ajuda do meu bastão mágico? 

 

Paquistanês: Ai, um bastão mágico... Adoro bastões... Então, se for um bastão mágico, manejado por um homem suado e cheio de músculos como o meu amigo... Ui! Ui! Fico doida! Possuída por um bastão mágico! AIIIIII! Porra! Então? Era preciso bater-me com o raio do bastão mágico? Eu sento-me, prontos... 

 

Investigador: O meu amigo é que insistiu! Bom, vamos lá despachar isto que ainda quero chegar a casa hoje a tempo de ver mais um episódio de Family Guy! 

 

Paquistanês: Ai, eu logo vi... Eu topei logo... Um bastão mágico... Muitos músculos, e tamanha insistência em colocar-me de joelhos, eu vi logo que havia aqui coisa! Mas, não era preciso bater, ok? Bastava pedir, que eu colocava-me em posição num instantinho... Ó amiga, diz coisas: o que é o Family Gay? 

Investigador: FAMILY GUY, SUA ANTA! Olha, tu já me estás é a enervar! Vamos lá falar sobre o que se passou dentro do avião, ó faxavôr! 

 

Paquistanês: O que se passou? A minha amiga sabe muitíssimo bem o que se passou dentro do avião. Até foi a fofucha que me retirou do avião... E até deve saber melhor que eu, o que se passou. Com aquele stress todo, com vocês, super doidas, a retirarem-me à pressa do avião, até fiquei baralhada das ideias. 

 

Investigador: Parece que vou ter de me chatear! Já estás a enervar-me! E tu não queres ver-me enervado... Ai não queres, não... 

 

Paquistanês: Ai! Tu queres ver que aqui o senhor polícia, quando se enerva, fica verde e incha como o incrível Hulk, é! Mas tenha cuidado, para não inchar muito. Eu não gosto de coisas muitos inchadas, estás a ver... fofa... Ainda me fazias explodir... 

 

Investigador: Bem, antes que eu entre em "modo brutamontes", acho que é melhor eu elucidar-te as ideias! Tu ameaçaste explodir um avião, minha anta! Vais-me explicar, se tinhas realmente a intenção de o fazer, ou era só conversa fiada? Hã? Vá! Responde! 

 

Paquistanês: Ai, calma... Seu brutamontes... Olha, sabes, agora que estamos aqui os dois nos esgotos do calabouços há largos minutos a falar, até que estou a achar este sítio um pouco sexy... Tirando o cheiro, o ambiente até que está bem fofo... Que achas de... hum... Não? Prontos, não é preciso fazer esse olhar e levantar o bastão mágico... Se bem, que "levantar o bastão mágico", até não era uma coisa má... 

 

Investigador: Estás a levar uma vergastada, não tarda muito! Depois choras! Demoras muito? 

 

Paquistanês: Pronto... Calma... Sabes, aquela situação do avião, era totalmente desnecessária. Eu não ia explodir nada! 

 

Investigador: Mas tu gritaste, "BOMBA"! 

 

Paquistanês: Ah, pois foi... Sabes, eu estava a treinar para o programa de televisão da SIC, o "Splash". A minha amiga, o José Castelo Branco, convidou-me a entrar no próximo Domingo. Só tenho de subir à prancha de 10 metros, saltar e gritar "BOMBA"! Eu estava apenas a treinar o grito de guerra... Não queria explodir o avião! Agora, que a fofa polícia era coisinha para me fazer explodir, lá isso era... 

 

Investigador: Hum... Se não fosse essa barba, até que... coiso...  Sendo assim, fica para a próxima... 

 

(A maluca bombista...)

 

 

 

 

Hum... Peço desculpa a todos os leitores do Estapafúrdios do Quotidiano... Isto foi muito estúpido e nem deveria ter sido considerado como um "estapafúrdio"... Mas, olhem, agora já está... Tentem não explodir, ok? 

 

 

RIC 


Pág. 1/9