Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estapafúrdios do Quotidiano

Viciada em pêlo!

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 31.01.13

Boa tarde! Hoje, os Estapafúrdios do Quotidiano trazem até si, uma notícia bastante preocupante!

Fomos alertados através da nossa página do facebook, que existia em Detroit, uma mulher que comia, ou pior, que lambia, o pêlo do seu gato. Algo deveras estranho, não é? Normalmente costuma ser ao contrário, toda a gente sabe! As pessoas que têm gatos, estão habituadas a que, uma ou outra vez, eles lhe dêem uma lambidela. Ao fim ao cabo, é o jeito do animal mostrar o carinho que sente por si.

Contudo, segundo o que o nosso investigador residente nos EUA, conseguiu apurar, Lisa, uma americana de 43 anos, é viciada em pêlos de gato desde que se divorciou do seu companheiro de longa data, “Hairy John”. (Não, não me enganei, o seu nome era mesmo Hairy e não Henry. A sua mãe o baptizou-o com este nome, devido à quantidade de cabelos e pêlos fora do normal, com que ele nasceu.)

O motivo que levou Hairy a pedir o divórcio foi, e passo a citar: «Esta mulher liga mais aos meus pêlos, que ao resto do meu corpo e isso incomoda-me!» O nosso iinvestigador ainda tentou localizar Hairy John, mas quando chegou à morada que lhe indicaram, apenas encontrou um senhor careca e sem pêlos visíveis no seu corpo. Quando questionado se conhecia Lisa, ele desatou a correr ao mesmo tempo que gritava: «NÃÃÃÃOOOO!» Portanto, só podemos calcular... Que Hairy, já não morava ali.

 

De seguida Timothy Fur, o nosso investigador. Dirigiu-se à casa de Lisa para tentar saber qual o motivo que a levava a comer os pêlos do seu gato? Mas infelizmente para nós ela não estava. Fur falou então com o pai de Lisa. Um senhor de meia-idade, calvo e com um aspecto meio abatido. O seu nome era Ric Fluffy. Ele contou-nos que a pancada da filha já tinha começado há muitos anos. Era ela uma criança e já arrancava os pêlos dele para por na boca. Ele ao início não se importava pois ela ficava mais calma, mas com o passar do tempo, ele foi tendo cada vez menos pêlos no corpo e não a deixou mais aproximar-se deles. Até porque os únicos pêlos que lhe restavam no corpo, eram em sítios que uma filha jamais se deve aproximar!

Por isso, ele como bom pai que é, procurou o marido ideal para Lisa. O Hairy! Foi amor à primeira vista. A quantidade de pêlos que aquele senhor tinha, era suficiente para deixar qualquer senhora louca. Pelo menos qualquer senhora com o mesmo vício de Lisa!

 

Eles viveram felizes durante 10 anos, até que Hairy ficou sem um único pêlo no seu corpo. Até os cabelos oleosos e com caspa, ela acabou por os ingerir!

Então aí é que foi. Sem qualquer pêlo nas proximidades para poder dar continuidade ao seu vício, ela virou-se para os pêlos dos animais.

Levava os dias inteiros na rua a apanhar pêlos de cão ou de gato. Foi trabalhar para uma lavagem automática, só para poder sorver alguns pêlos perdidos nos bancos dos carros. Sempre que ia à casa de algum amigo, que tivesse animal de estimação, ficava a olhar com um ar guloso para os pobres bichanos. E houve até uma vez, que agarrou-se ao “Lulu da Pomerânia” de uma amiga dela e lambeu-o. Lambeu-o, como se de um gelado de chocolate se tratasse!

Ela precisava de ajuda. Eu voltei a morar com ela, decidi que o melhor seria comprar dois ou três gatos, para ela poder variar no sabor, e deixar que ela comesse o pêlo deles. Mas de uma forma controlada, claro! É que sabe. Comer pêlo engorda… Ela tinha apenas 7kg quando começou este vício… Veja lá agora!

Esta história foi escrita para todos os leitores, mas especialmente, para aquele leitor, amigo dos animais, que nos alertou para esta trágica notícia através da nossa página do facebook. Um muito obrigado para si! E que esta chocante história, sirva de exemplo para outras famílias. Para além do nosso post e para que este problema não assole outros lares, por este mundo fora, aqui vos deixamos o vídeo também.

(vídeo não aconselhado a menores de idade, nem a pessoas com um estômago fraco)

 

GIL

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.