Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estapafúrdios do Quotidiano

Isto pode ser o fim do Estapafúrdios do Quotidiano! (Esperemos que não...)

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 13.03.15

Bom dia, caros leitores. Hoje não trazemos boas notícias para todos os que seguem este cantinho repleto de notícias e factos estapafúrdios. Hoje, para além de ser sexta-feira 13 – que, para alguns, é um dia de puro azar – , é igualmente um dia triste para nós, autores do Estapafúrdios do Quotidiano. E a razão é muito simples: o Estapafúrdios do Quotidiano corre o risco de acabar.

 

O Estapafúrdios do Quotidiano é um projecto a meias entre dois amigos, que possuem o prazer de escrever (o chamado “bichinho da escrita”). Um projecto que nasceu há cerca de três anos, devido a um acumular de ideias estapafúrdias que preenchiam os cérebros destes dois amigos que, a dada altura, sentiram que tinham de partilhar essas mesmas ideias com o mundo, antes que dessem em doidos e acabassem num hospício, ou antes que os seus neurónios entrassem em guerra e eles acabassem na Síria, a combater para o Estado Islâmico – o que seria um pouco irreal, visto que o RIC tem medo de aranhas e o GIL nem pode ver abelhas à sua frente. O que resultaria em dois jihadistas da treta.

 

Desde que iniciámos esta aventura que temos escrito todos os dias num ritmo alucinante. Claro que não nos queixamos disso, pois fazemo-lo com imenso prazer – o que facilita bastante o processo. E, verdade seja dita, desde que criámos o blog, que várias portas se abriram para nós. Primeiro, começámos por escrever uma crónica semanal para o já extinto Jornal do Barreiro. Passados uns meses, o jornal fechou portas e imediatamente surgiu outro convite para escrevermos uma crónica semanal para o Diário do Distrito. Passado um ano, surgiu outro convite, e tivemos de deixar o Diário do Distrito para abraçar um novo projecto – uma crónica semanal no Distritonline (onde actualmente escrevemos semanalmente a crónica “Engana-me que eu gosto...”). E, para além destes projectos, o Estapafúrdios do Quotidiano também nos abriu as portas para ingressarmos num projecto muito catita de seu nome Mais Opinião, onde escrevemos há já quase dois anos duas crónicas semanais de humor (à Terça-feira e Sexta-feira) intituladas de “Graças a Dois”, e onde descobrimos um maravilhoso grupo de cronistas que, tal como nós, possui um imenso prazer pela escrita – cada um na sua área, obviamente.

 

Mas, apesar de tudo isto ser muito prazeroso, a verdade é que é tudo grátis. Não há – nem nunca houve – qualquer verba anexada a todos os projectos em que temos contribuído. Sempre escrevemos com um e só propósito: o prazer de, simplesmente, escrever. E se é verdade que isso é sinónimo de prazer ou bem-estar pessoal – ou mesmo uma espécie de catarse –, também é verdade que cansa muito. E isso leva-nos a pensar se, honestamente, valerá a pena continuar com este esforço mental – que nos dá imenso prazer, atenção! – semana sim, semana sim, sem no final de contas sermos reconhecidos financeiramente por isso. E após deliberarmos profundamente sobre este facto, achámos que estava na altura de fazer uma pequena pausa no Estapafúrdios do Quotidiano. Uma pausa de tempo indeterminado, que pode muito bem – ou não! – significar o fim do blog.

 

A verdade é que ambos – GIL e RIC – chegámos a um ponto em que sentimos que estamos a perder alguma criatividade no que toca a elaborar estapafúrdios. Talvez isso se deva ao facto de termos vários projectos diferentes em mãos e isso limitar um pouco a qualidade de todos esses mesmos projectos – afinal de contas, somos apenas humanos. O que eu lamento, pois se eu fôssemos robots, conseguíramos de certeza absoluta manter todos os projectos com qualidade. E ambos estamos de acordo que, se não estamos com capacidade para manter a criatividade e a qualidade em alta, então não é justo estarmos a forçar os leitores a ler coisas que não têm, simplesmente, graça. Pelo que a melhor decisão é parar. Recarregar baterias e, quem sabe, mais tarde voltar cheios de energia para elaborar estapafúrdios com a qualidade que os leitores (os cerca de quatro ou cinco, a contar com elementos da nossa família...) deste cantinho catita merecem.

 

Mas isto não quer dizer que iremos parar de escrever parvoíces. Porque manteremos os outros projectos que temos em mãos em andamento, o que significa que poderão continuar a acompanhar o que vamos escrevendo. Por isso, fiquem atentos à crónica semanal “Graças a Dois”, no Mais Opinião, e à crónica semanal “Engana-me que eu gosto...”, no Distrionline. E não deixem de acompanhar a nossa página de Facebook, onde continuaremos a partilhar tudo o que vamos escrevinhando por aí...

 

Tudo tem um princípio, meio e fim. Isso é tão certo como um dia todos nós desaparecermos deste planeta. Mas esperemos que a pausa de tempo indeterminado no Estapafúrdios do Quotidiano signifique que tenhamos chegado ao “meio” e que o “fim” ainda esteja muito longe...


Obrigado a todos por nos acompanharem! Um forte abraço!

 

image.jpg

RIC

 

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.