Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estapafúrdios do Quotidiano

O cavalo de Tróia do chinês...

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 30.01.14

FELIZ ANO NOVOOOO!!! YEAHHHH!! «FIUUUUU PAH! FIUUUUUUU PAH! FIUUUUUUU PAH PAH PAH» Não, não estou maluco, estou simplesmente a festejar o inicio do Ano Novo Chinês. Hoje entrámos no Ano do Cavalo! Palmas para o Ano do Cavalo!! «FIIIUUUUUUU PAH! FIUUUUUU PAH!» - para quem ainda não percebeu, isto é o som de fogo de artifício...

 

Pois é, hoje, dia 30/01/2014, os nossos queridos 'amigos', que é como quem diz sócios de meio Portugal, entraram num novo ano. O Ano do Cavalo. Segundo eles, este será um ano que irá trazer muita alegria, prosperidade, saúde e amor! Esperemos que assim seja. Já que existem milhares de chineses cá em Portugal, ao menos que eles tragam algo de bom. (Para além de 'plodutos muito balatos').


O Estapafúrdios do Quotidiano teve conhecimento que na China, para celebrar este novo ano, foi criado um super cavalo de baloiço, com cerca de 6 metros de altura. Este cavalo - o maior do Mundo - já entrou no livro do Guiness mas, segundo conseguimos apurar, não foi o cavalo o único a entrar... (Pronto... Tinha que vir javardice! - Pensará o leitor. Mas não. Não me estou a referir ao cavalo entrar em sítios um tanto ou quanto obscuros, até porque a Cicciolina já se reformou.) Se quer saber mais sobre estas entradas que lhe falo leia o estapafúrdio que vem já aqui em baixo:

 

Aldegunes Pauzinhos: 奥拉维瓦斯!

 

Ofer Mor: Epá... Esquece lá isso. Eu não percebo patavina de chinês!

 

Aldegunes Pauzinhos: Ai, não?! Quer dizer, andei eu a tirar um curso na CEAC, para aprender a falar chinês, e chego aqui e tu falas português? Ó c'um caraças... Só a mim... É sempre a mesma coisa... Estou mesmo a ver, quando o GIL e o RIC souberem disto não me vão pagar as facturas do curso. Ó meu Deus... Quem me lembra a mim meter-me nisto. Mas porquê?! Porquê Aldegundes?! Tu sabes que não ganhas...

Ofer Mor: Pst... O Sr. vai-me perguntar alguma coisa sobre o meu trabalho, ou vai continuar para aí a falar sozinho?! É porque se vai, eu tenho mais que fazer...

 

Aldegundes Pauzinhos: AH! Sim... Peço desculpa. Quero saber tudo! Podemos começar por me explicar onde é que aprendeu a falar Português assim tão bem. Foi em alguma loja dos chineses em Portugal?

Ofer Mor: Nop! Antes de mais, deixe-me que lhe diga que eu não sou Chinês! Sou Isrealita! Bastava olhar bem para mim que via logo isso...

Aldegundes Pauzinhos: Sim... Claro... Tem toda a razão! Eu percebi logo! Então e diga-me lá: não sendo chinês, fez esta obra de arte para eles, porque adora o povo oriental, não é?! Cá para mim até tem uma mulher chinesa! Uiii... Diz que são umas doidas na cama. Eu ouvi uma vez uma história de uma chinesa, que tinha a... assim, coiso, de lado! Está a ver?! É verdade, não é? Diga-me homem! Conte-me tudo! São ou não são umas malucas na cama? Ai quem me dera ter uma chinesa em vez da minha Gertrudes. É porque sabe, a Gertrudes...

 

Ofer Mor: Ó HOMEM, CALA-SE! Mas você está a fazer uma entrevista ou o monólogo? IRRA!

 

Aldegundes Pauzinhos: Tem razão. Tem toda a razão! Então conte-me lá, qual é  a história por detrás deste cavalo de baloiço gigante...

 

Ofer Mor: Então é assim: primeiro que tudo, eu aprendi a falar português, porque o arquitecto deste projecto é português! Em segundo lugar eu detesto os chineses! Em terceiro lugar eu não tenho mulher e desconheço a fisionomia da genitália das chinesas! OK?!

 

Aldegundes Pauzinhos: Então mas... Se detesta chineses porque é que fez esta obra de arte para eles?

 

Ofer Mor: Calma homem... Já lá chego! Os chineses contactaram-me a pedir para lhes construísse um cavalo, para simbolizar a entrada no novo ano. E eu, como é óbvio, recusei! De seguida recebo uma chamada de um arquitecto português que me diz: "Ó Ofer, vou-te fazer uma oferta!". Eu, a pensar que ele estava a gozar comigo, mando-o ir apanhar no cu! E ele responde-me. "Isso mesmo! É isso que eu quero que tu faças. Constrói um cavalo de baloiço gigante, onde caibam todos os chineses que estão em Lisboa!"

 

Aldegundes Pauzinhos: WOW!! Então vai-me dizer que aquele cavalo está cheio de chineses lá dentro? Um género de um Cavalo de Troia mas ao contrário?! Não acredito! Duvido que caibam assim tantos chineses lá dentro?


Ofer Mor: Exacto... Isso foi o que eu lhe disse logo. "Não vai dar Sr. Arquitecto. O cavalo não vai aguentar com tantos chineses lá dentro!"

Aldegundes Pauzinhos: E ele?

Ofer Mor: Olhe... Ele diz-me: "Calma... Aguenta... Entra um a um pelo cu do querido! Só paramos quando estiverem, todos lá dentro!"

 

Aldegundes Pauzinhos: Hum... Deixe-me advinhar, o Sr. Arquitecto chama-se Tomás Taveira?!

 

Ofer Mor: Como é que adivinhou? Conhece-o?

 

Aldegundes Pauzinhos: Eu não, mas a minha Gertrudes é amiga íntima dele...

Ofer Mor: Ó diabo...

 

 

(Ó aqui pó cavalão)

GIL