Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estapafúrdios do Quotidiano

O PART-TIME DE ISABEL MOREIRA NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA...

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 30.10.18

Os ministros e deputados reuniram-se, uma vez mais, na Assembleia da República. Desta vez, para a apresentação do Orçamento de Estado para 2019. Tudo parecia estar dentro dos parâmetros normais do que significa mais uma reunião parlamentar, mas algo veio contrariar esse facto. Um jornalista da Reuters conseguiu captar uma imagem que está a correr o mundo – a deputada do PS, Isabel Moreira, foi fotografada a pintar as unhas durante a sessão. Muitas pessoas se revoltaram contra tal facto, aplicando duras críticas à deputada nas redes sociais. Mas nós, o Estapafúrdios dó Quotidiano, fizemos melhor que isso. Nós fomos ao encontro da deputada, para tentar saber o que, de facto, se passou...


RIC: Ora viva, shôra deputada. Como vai?

 

Isabel: Olá, Estapafúrdios. Por favor, tratem-me por Isabel. Isso do "deputada" dá um peso extra a esta conversa e eu não estou lá com muita vontade de ser deputada neste momento.

 

RIC: Ah, assim como durante a apresentação do Orçamento de Estado para 2019, não é?

 

Isabel: Não, assim como todas as vezes em que tenho de marcar presença na Assembleia da República, para debates.

 

RIC: Pois, nós percebemos. Aquilo consegue ser uma enorme seca, não é Isabel?

 

Isabel: Bota seca nisso. Ainda dizem que as mulheres quando abrem a boca nunca mais se calam, mas olhem que os homens nisso batem as mulheres aos pontos. E só dizem baboseiras.

 

RIC: Então foi por isso que decidiu pintar as unhas em pleno parlamento, durante a apresentação do Orçamento de Estado para 2019? Um jornalista da Reuters apanhou-a em flagrante e essa imagem está a correr o mundo.

 

Isabel: Não se trata de o fazer por estar a ser apresentado o Orçamento de Estado. Eu faço sempre isso em qualquer reunião no parlamento. Aquilo é uma seca e a vida está difícil. E já que tenho de estar ali...

 

RIC: Ah, então está a dizer que é normal pintar as unhas durante os debates na Assembleia da República?

 

Isabel: Pintar as unhas? Oh, meus amigos, eu faço tudo ali. A vida está difícil e tenho de aproveitar todo o tempo disponível que tenho para ganhar algum dinheiro. Se fosse só pintar as unhas...

 

RIC: Ai sim? Então o que faz mais durante os debates, Isabel?

 

Isabel: Eu tenho algum jeito para estética. Então, desde pintar as unhas, arranjar as sobrancelhas, arranjar pés e até fazer a depilação, faço umas massas valentes durante essas sessões.

 

RIC: Massas valentes? Mas não o faz só a si?

 

Isabel: Não. Claro que não. Faço-o a várias deputadas. E até a alguns deputados. Ui, e os pés deles costumam estar numa verdadeira desgraça. Cheios de calos e peles mortas. Chego a levar a duração de uma sessão inteira no parlamento só para arranjar os pés a um deputado. Mas, no final, sabe bem receber um extra ao final do dia. E eu necessito de dinheiro, visto que o ordenado de deputada que recebo no PS não me dá para nada.

 

RIC: Hum... e ganha bem? E que mais tem feito durante as sessões de debate no parlamento?

 

Isabel: Sim, ganha-se bem. Aquela gente não liga ao dinheiro. Chego a tirar 1000 euros por sessão. Nada mau. Há que aproveitar... Já fiz de tudo um pouco ali. Como disse, até já depilações completas fiz a certas deputadas. E a um ou outro deputado. E não é pêra doce por vezes, porque há ali deputados que parecem verdadeiros Tony Ramos, de tanto pêlo que possuem naquele lombo. Às vezes penso que as mães deles tiveram uma espécie de aventura muito maluca com um urso. Uma vez ajudei num parto. Mais ninguém queria meter as mãos na porcaria e, eu, como estou habituada a mexer em muita porcaria dentro do PS, acabei por fazer o parto. Até já abortos fiz.

 

RIC: Eish. Não fazia ideia. A Isabel é uma verdadeira abnegada, sempre pronta a ajudar, não é?

 

Isabel: Sim, claro. Mas não é à borla, claro. Como já disse, o ordenado que usufruo como deputada no PS não dá para nada. E eu quero fazer uma tatuagem nova e preciso de dinheiro.

 

RIC: Ah, boa, boa...

 

Isabel: Pois, é a vida. Neste país temos de lutar para sobreviver. Bom, vocês precisam de alguma coisa? Uma depilação, ou arranjar os pés? Tenho 15 minutos antes de voltar para o parlamento e já lá tenho clientes à espera.

 

RIC: Hum... Por acaso tenho aqui um calo que me anda a incomodar. A Isabel dava-me aqui um jeitinho nisto?

 

Isabel: Sim, claro. São 1000 euros, a pagar já antes do trabalhinho.

 

RIC: Ah... Bom, deixe lá estar isso. Eu fico aqui à espera que a Isabel saia da assembleia e tratamos disso que cheira-me que este calo vai-lhe dar água pela barba...

 

Isabel: Na boa. Sem problemas. Bom, vou andando que tenho de passar pelo meu cacifo para recolher os materiais necessários para fazer uma colonoscopia ao António Costa. Parece que ele abusou de comida indiana ontem ao jantar, e aquilo parece estar complicado...

image.jpeg

RIC

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.