Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estapafúrdios do Quotidiano

Rui Patrício tem nega a matemática!

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 29.05.14

Olá. Só porque sim, vou já avançar para o estapafúrdio de hoje. Não tenho uma explicação válida para o fazer, mas hoje é assim e assunto encerrado. Eu sei que os leitores adoram um pouco de "divagação estapafúrdia", mas hoje não estou para aí virado. Deve ser desta maldita micose de que padeço, que me está a tirar do sério… UPS! Já revelei demais! Bom, sigamos para o estapafúrdio… 

 

A nossa querida e tão acarinhada selecção nacional de futebol está a estagiar em Óbidos. Normalmente, todos os dias é escolhido um dos jogadores para falar à impressa. Ontem, o escolhido foi Rui Patrício, o guarda-redes do Sporting Clube de Portugal. Ora, tudo normal, não fosse o guarda-redes português ter proferido a frase "Não percebo de matemática…", quando confrontado com o estudo que aponta apenas 1% de possibilidades a Portugal de ser campeão do mundo. Esta simples e honesta frase provocou uma espécie de celeuma nas redes sociais, com muitos cibernautas a aproveitarem a "deixa" para gozar com o guarda-redes português. Ora, o Estapafúrdios do Quotidiano quis ajudar Rui Patrício, e ofereceu-se para dar-lhe umas aulas de matemática para que, da próxima vez, ele não tenha de passar vergonhas e ser alvo de chacota em praça pública. 

 

Deixamos aqui um excerto da aula que "tentámos" dar ao guarda-redes da selecção nacional:

 

 

RIC: Olá Rui. Então e que tal? Como vão essas defesas?! 

 

Patrício: Olá. Vão muito bem. 

 

RIC: Ai, sim? Então, e tens feito muitas defesas? 

 

Patrício: Ya, tenho feito bués. 

 

RIC: Ai, sim? Então, e quantas…? Sabes dizer-me quantas defesas tens feito por treino? 

 

Patrício: Eh pá, não sei bem… Sabes, é que eu não sou lá muito bom a matemática… Contas de multiplicar não são o meu forte. 

 

RIC: De multiplicar? Não, pá! Não queres antes dizer "contas de somar"? É que estamos aqui a falar do somatório de defesas efectuadas. Logo, é uma questão de somares as defesas que tens feito em cada treino, para chegares ao resultado final. 

 

Patrício: Hã?! 

 

RIC: Sim, Rui. Basta somares as defesas… Então, quantas defesas tens feito, em média, por treino? 

 

Patrício: Em média? O que é isso?! Então, mas não estávamos a falar de multiplicar as defesas que faço por treino, para depois descobrirmos qual é a quantidade de defesas que faço?! 

 

RIC: Hã?! 

 

Patrício: Pá, tenho feito bués defesas. 

 

RIC: Ó Rui, está bem. Mas quantas defesas são essas "bués" que tens feito? 

 

Patrício: Pá, sei lá! São algumas… Mas, como já te disse, eu não sou bom a matemática e não sei como multiplicar as defesas que fiz, para depois as somar e chegar ao resultado final! 

 

RIC: Eish! Eh pá, menos… Menos, ó Rui… Isso vai para aí uma confusão de números na tua cachola, homem… Vai lá, vai… 

 

Patrício: Ah, menos? Menos é subtrair, certo? Então tenho de multiplicar as defesas pela subtração dos remates, para depois chegar à somatória e, por conseguinte, chegar à média das defesas que faço por treino? É isso?! 

 

RIC: Não, pá! Porra! És mesmo terrível a matemática! És um verdadeiro zero à esquerda, no que toca a números! 

 

Patrício: Um zero à esquerda? Como é que se faz isso? Qual é a conta que se faz? É de dividir? Estou farto de ouvir essa expressão, mas nunca sei como é que se faz a conta. 

 

RIC: Não é conta nenhuma, pá! É apenas uma expressão! Pá, conta com os dedos as defesas que fazes por treino, para chegares ao número exacto de quantas fazes… 

 

Patrício: Pelos dedos? Esquece, isso não resulta. É uma conta impossível de fazer! 

 

RIC: Então porquê, Rui? 

 

Patrício: Dah! Porque tenho as mãos ocupadas a defender os remates, como é que queres que me meta a contar as defesas pelos dedos?! 

 

RIC: Não precisas de realmente contar pelos dedos, pá! Basta imaginares os dedos, um a um, para ires somando à medida que defendes. 

 

Patrício: Pá, esquece! Isto é difícil demais para mim! Não atino mesmo com isto das contas e da matemática! 

 

RIC: Pá, calma. Mas é claro que atinas! Olha, queres ver como atinas? Faz lá esta conta de somar. Quanto é 1+1?! É bastante simples.

 

Patrício: Hum… Ora… 1+1… Posso contar pelos dedos? 

 

RIC: Sim, Rui… Podes contar pelos dedos… Na verdade, nem vais precisar de muitos dedos para fazer esta simples conta… 

 

Patrício: Hum… Não é lá muito fácil, não…

 

RIC: Hã?! 

 

Patrício: JÁ SEI! 

 

RIC: Ah, então? 

 

Patrício: Então, 1+1 dá… 345?! Certo?! Afinal até sei algumas coisinhas de matemática… 

 

RIC: Ó Rui… 

 

Patrício: ´Quié?! 

 

RIC: E sabes quantos "frangos" é que já deste pela selecção?! 

 

Patrício: Eh pá, como é que faço essa conta? Agora é que é de dividir, não é? 

 

RIC: Pá, esquece! Não quero que o teu cérebro se desintegre antes do Mundial! Adeus e bons treinos! 

 

Patrício: Tchau, pá! Mas, fiz bem a conta? 1+1 são 345?! Certo? 

 

RIC: Sim, sim… É isso, é… 

 

Patrício: Fixe! Afinal não sou mesmo assim tão mau a matemática… 

 

(1+1 = 345, certo...?)

RIC

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.