Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estapafúrdios do Quotidiano

O sémen pode matar!

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 08.01.15

Olá, caríssimos leitores. Antes de arrancar para o estapafúrdio de hoje, quero deixar uma palavra de pesar pelos enormes cartonistas que trabalhavam no jornal satírico Charlie Hebdo, e que foram ontem brutalmente assassinados por três cobardes que lutam (de uma forma inútil, cobarde e estúpida...) contra a liberdade de expressão. Algo de muito errado existe neste mundo, quando, em pleno século XXI, acontece algo assim tão bizarro... Agora vamos ao estapafúrdio de hoje!

 

No Brasil, mais propriamente na capital do Rio Grande, uma mulher de 28 anos morreu no quarto de hotel, engasgada. Se a notícia tivesse ficado por aqui, não existiria estapafúrdio para partilhar com vocês, hoje. Mas não... A notícia não fica por aqui. A mulher morreu engasgada, sim senhor, mas foi devido ao sémen do amante que estava com ela no quarto de hotel. E se a notícia ficasse por aqui, já seria suficientemente estapafúrdia para ser abordada por nós, aqui no Estapafúrdios do
Quotidiano. Mas, felizmente, a notícia não termina aqui. É que, sim, a mulher faleceu engasgada com o sémen do amante, mas o amante ainda fez algo de extraordinariamente estúpido, que serve para abrilhantar esta história. O amante, em perfeita aflição pelo o que estava a acontecer à mulher que acabara de engolir o seu sémen, pegou no telemóvel dela e ligou para o seu marido, para que este a viesse salvar... Lamentavelmente, parece não ter resultado porque a mulher acabou por morrer na mesma. Agora adivinhem, os caros leitores, quem teve acesso a este telefonema? Isso mesmo: "nóis"...

 

Fiquem com o diálogo telefónico entre o marido e o amante da mulher que faleceu engasgada com o sémen do amante...

 

Amante: Alô! Cara, é cê?

 

Marido: Oi? Quem 'tá falando?

 

Amante: Cara, cê tem de me ajudar! Cara, isto não 'tá bom, não! Eu acho que ela não se vai safar, não.

 

Marido: Oi? O que cê 'tá falando, cara? Quem é que não se vai safar?

 

Amante: A sua mulher, moço! A sua mulher está morrendo!

 

Marido: Ei, moço, se isto é trote, eu vou achar cê! Eu vou pegar cê, e vou fazer cê engolir terra!

 

Amante: É isso mesmo, cara! Ela não 'tá conseguindo engolir, não!

 

Marido: Oi?

 

Amante: Cara, cê não vai gostar do que lhe vou dizer, mas cê tem de acreditar porque é a verdade! Cara, eu sou o amante da sua moça, e estou com ela num quarto de hotel. Moço, nóis fizemo amor, e quando ela me estava fazendo um boquete, bom, vamos dizer que "acidentalmente" – por respeito a cê – ela engoliu o meu sémen... O problema é que ela não está conseguindo engolir direito, e está engasgada! E está morrendo! Cara, por favor, cê tem de me vir ajudar! Eu não sei o que fazer mais, moço! Vem! Por favor, vem!

 

Marido: Ah, 'tou vendo, 'tou vendo... Olhe, cara, isso costuma acontecer comigo também. Faz o seguinte: pega ela no seu ombro, tal e qual uma saca de batata, e dá palmadinhas nas suas costas...

 

Amante: Oi?

 

Marido: Faz o que eu disse, caraca! Põe ela pá arrotar! Mas toma cuidado moço, que ela costuma bolsar... Coloca um pano no seu ombro, senão ela vai sujar sua camisa...

 

Amante: Ei, maridão... Não vai dar, não... Ela se foi...

 

Marido: Foi embora? Então, mas ela não se estava engasgando?...

 

Amante: Não, moço... Ela foi "embora"... Foi ter com o Criador. Sacou, cara?

 

Marido: Oh não! Oh meu Deus, porquê? Porquê cê me fez isto, Deus? Porquê?...

 

Amante: Desculpa, cara... Desculpa ela ter morrido... Mas nem tudo é mau, cara...

 

Marido: Como assim, nem tudo é mau?!

 

Amante: Sim, cara... Ao menos cê ficou sabendo que é chifrudo... Ah, ah, ah!

 

image.jpg

RIC

 

 

O curso intensivo de José Castelo Branco!

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 24.11.14

Segunda-feira, aquele dia da semana em que os leitores do Estapafúrdios do Quotidiano acordam maldispostos, mas perto da hora de almoço estão mais felizes que um idoso após tomar viagra: porque é a hora a que sai mais um estapafúrdio para alegrar o dia.

 

José Castelo Branco, está de novo na ordem do dia. Ao que parece, o "Conde" decidiu converter a sua casa de Sintra num hotel, e está a arrendar quartos a turistas. Os preços variam entre os 70€ e os 130€. Fomos falar com o "Zé", para saber como está a correr o negócio...


RIC: Ah, g'anda Zé! Então, já despachaste a cota, ou quê?

 

Zé: Ai, filha. Tu está calada. Nunca mais vejo a hora de pegar numa macheia de terra e atirar para cima da velha, no enterro. Cruzes credo, o que é que acabei de dizer? Ai, que ainda vou arder no inferno! Vira para lá esta boca infame, Zézinho.

 

RIC: Oh, deixa-te lá dessas coisas, Zé... Nunca ouviste dizer que "quem diz a verdade não merece castigo"? Toda a gente sabe que tu estás mortinho para que a velha vá desta para melhor para ficares com a fortuna só para ti.

 

Zé: Oh, sua bicha doida! Tu achas que sim, sua parva? Eu adoro aquela velha. Eu adoro a forma como ela se baba ao comer castanhas assadas, e depois fica com pedaços de casca de castanha coladas nas peles da cara.

 

RIC: Zé... Ó Zé... Sou eu, o RIC. Não precisas de estar a inventar. Eu sei bem que estás farto da velha, pá.

 

Zé: Oh pá, tens toda a razão. Tu és uma bicha bem perspicaz, sua doida. Eu bem queria, mas a velha é mais rija que eu sei lá. Até a Duquesa de Alba perdeu a corrida contra ela...

 

RIC: Pois, eu logo vi. Mas, olha lá, então mas que ideia é essa de teres transformado a tua casa num hotel? Estás assim tão desesperado financeiramente?

 

Zé: Ai, filha, não é nada disso. Sua doida. Eu estou é a ajudar as pessoas.

 

RIC: Hã? Estás a ajudar as pessoas? Como? "Chupando-lhes" a guita, é?

 

Zé: Chupando-lhes o quê, filha?

 

RIC: O dinheiro, pá!

 

Zé: Nada disso! Eu resolvi converter a minha casa em hotel para ajudar as pessoas, dando-lhes cursos intensivos.

 

RIC: Cursos intensivos? Que cursos, Zé?

 

Zé: Cursos sexuais, amor. Ou seja, eu quero ajudar as pessoas a manterem a chama acesa na suas relações amorosas. Sabes, minha doida, hoje em dia os casais divorciam-se devido a problemas sexuais. E eu, moi, vou ensinar-lhes alguns truques que irão fazer as suas relações sexuais muito mais fogosas, produtivas e excitantes!

 

RIC: Ah, e vais dar esses cursos nos quartos do teu hotel, Zé?

 

Zé: Claro, fofa. Lembras-te do vídeo que circulou na internet afora, comigo e um casal a fazer sexo num hotel? Era um curso intensivo! Eu mudei a vida daquele casal! Eu transformei a vida daquele casal para melhor. Estão mais felizes. E graças a quem, sua bicha?

 

RIC: Graças aos teus ensinamentos sexuais, Zé?

 

Zé: Não. Graças ao dinheiro que eles fizeram com a venda do vídeo... Suasssss bichhhhassss!

 

RIC

 

 

Uiii que medo!!!

Avatar do autor estapafurdiosdoquotidiano, 28.10.14

medo.jpg

Numa altura em que se começa a preparar o Halloween, o Estapafúrdios do Quotidiano decidiu partilhar consigo uma excelente sugestão para passar uma notie animada...

 

McKamey Manor é o hotel “mais assustador do mundo”. Este hotel, situado em San Diego - Califórnia, oferece aos seus hóspedes a noite mais assustadora das suas vidas. Os hóspedes, deste hotel, têm à sua disposição uma noite repleta de torturas, encarceramentos em gaiolas, frigoríficos, ou fogões. Mas a diversão não se fica por aqui... Os 'corajosos' têm ainda à sua disposição banhos de sangue, perseguições, feitas por animais, e um ou outro membro cortado (vá... agora talvez já esteja a exagerar. Ou será que não estou?! Huuu...Medo!)

 

Para aqueles que estão a pensar: "nem morto me apanhavam aqui!" fiquem sabendo que a fila de espera já ascende ás 24 mil pessoas e continua a subir. O que é chato, tendo em conta que os donos apenas aceitam a visita de 2 pessoas de cada vez. (Ora portanto, pelas minhas contas, se eu me inscrever agora já só me faltam 32 anos para lá ir... Isso se não morrer entretanto. Será que se morrer me deixam lá ir na mesma? Sempre servia de adereço...) 

Fica ainda a informação que os visitantes podem fazer os seus pedidos especiais visto que o lema deste hotel é: “Viva o seu próprio filme de terror”. Caso consigam superar as 2 ou 3h de tortura os visitantes têm direito a passar as restantes 8h a descansar no hotel. Caso contrário são atirados aos zombies. (Lá estou eu a exagerar outra vez... Ou não! HUAHAHA!)

Ora portanto, visto que daqui a 32 anos eu terei 63, acho que vou já fazer o meu pedido assustador:
Cenário: Departamento da Segurança Social;

Música: Toy - Chama o António;

História: Vou pedir a reforma e sou violentamente atacado por um funcionário público cujo o nome é Passos Coelho. Tento fugir mas ele prende-me numa arca. Fico lá durante 2h com uma valente diarreia e acabo por sufocar na minha própria fralda suja.

Figurantes: Angela Merkl, Paulo Portas, Tony Carreira, e Ana Malhoa (que é para dar um toque de 'sexyness' na fantasia.

 

Sim... Parece-me bem. Onde é que se inscreve?


(ora aqui fica uma pequena amostra:)

 GIL